letreiro

7 de abril de 2011

Seios

Seios

Seios

A mostra de belos seios
Tão belos quantos traiçoeiros,
Que prendem minha imaginação,
Neste pedaço de decote,
escondido em sua mão
Viajo em devaneios pensando
nestes seios durinhos em minha mãos,
se sonhador eu não fosse,
ante esta visão tão doce
por certo cairia no chão
diante de tal tentação
mas como sou poeta,
dou asas a imaginação
deixo me levar
por esta imagem de sedução
onde antevejo os seios
sem a mãolindos maravilhosos,
excitando meu tesão
diante desta imagem
não posso deixar
de imaginar o resto dos panos
caindo no chão
a me extasiar a visão
Sonhos

Nenhum comentário:

Postar um comentário