letreiro

12 de março de 2011

... percorro o teu pescoço até chegar aos teus seios firmes e excitados... lambo, chupo... com carícias voluptuosas e sensuais.





Viro-te de costas. Encosto o meu corpo ao teu. O contacto é vibrante e arrepiante. Enquanto te mordisco os lóbulos das orelhas... sigo com as mãos pelo teu corpo... junto ás tuas virilhas... sentindo-te cada vez mais ofegante.



Gentilmente faço passar o meu dedo pelo teu clítoris com movimentos suaves e provocantes. Estás molhada, e provocas em mim uma erecção estonteante. A banheira continua a encher com água morna... a espuma cresce pelas paredes... e sussurro-te ao ouvido... "quero-te"...

Nenhum comentário:

Postar um comentário